Hortense Martins

Gestora de Empresas/ Economista, Deputada do PS à Assembleia de República e Vice Presidente da Comissão de Economia Inovação e Obras Públicas

Maria Hortense Nunes Martins nasceu em Castelo Branco e é licenciada em Organização e Gestão de Empresas pelo ISCTE 1985/1990. Membro da Ordem dos Economistas e da Ordem dos Técnicos Oficias de Contas.

Em 1990 foi trabalhar para a TAP, SA no Gabinete de Análise Económica da Direção Geral de Manutenção, tendo posteriormente optado por regressar à sua região e ao sector privado, onde geriu empresas de diversos sectores de atividade. Integrou os corpos sociais e conselhos consultivos de várias associações quer regionais, quer nacionais. Deu formação como professora convidada na Escola Agostinho Roseta e no Instituto de Emprego e Formação Profissional.

É deputada pelo PS, tendo sido eleita à Assembleia da República pelo círculo de Castelo Branco nas X, XI, XII e XIII legislaturas.

É Vice-presidente da Comissão Parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas e integra a Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa.

Foi eleita para a delegação Internacional da União Interparlamentar (UIP), e na qual pertence à Comissão de Desenvolvimento Sustentável, Finanças e Comércio.

É Vice-Presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Portugal-Brasil e membro do Grupo Portugal de Amizade Portugal-México e Portugal-Argentina.

É Coordenadora do Grupo de Trabalho de Turismo na CEIOP e é suplente na Comissão Eventual para o Reforço da Transparência no Exercício de Funções Públicas.

É deputada municipal na Assembleia Municipal de Castelo Branco, eleita em diversos mandatos. É Presidente da Federação do PS do Distrito de Castelo Branco e dirigente nacional, sendo Vice-presidente da Mesa da Comissão Politica Nacional do PS.

Integrou várias Direções do Grupo Parlamentar do PS, sendo vice-presidente e porta-voz do GPPS nas áreas da Energia, Turismo e Economia.

Pertenceu a vários Comissões de Inquérito: Comissão de Inquérito ao processo que conduziu à venda e resolução do Banco Internacional do Funchal – BANIF 2015; Comissão Parlamentar de Inquérito à Celebração de Contratos de Gestão Risco Financeiro por Empresas do Sector Público- Swaps 2011-2015; Comissão Eventual para Acompanhamento das Medidas do Programa de Assistência Financeira- Troika 2011-2015; Comissão Parlamentar de Inquérito ao Processo de Nacionalização, Gestão e Alienação do Banco Português de Negócios S.A.-BPN 2015